Crianças e gestantes são os grupos com menor adesão à vacinação contra a gripe em Olímpia

A vacinação contra a gripe em Olímpia tem registrado baixa adesão dos grupos prioritários da campanha. Segundo um balanço da Secretaria de Saúde, desde o início da imunização, foram aplicadas 1.810 doses, o que corresponde a apenas 7,9% das 22.876 pessoas que podem ser vacinadas até o final da ação. O índice é considerado bastante baixo, tendo em vista que a meta é atingir 90% de cobertura vacinal do público-alvo.
Com relação à 1ª etapa da campanha, que segue até o dia 10 de maio, o levantamento que considera os dados disponíveis no sistema do Ministério da Saúde, mostra que o grupo com maior adesão é o de trabalhadores da saúde, que vacinou 639 dos 1.486 profissionais aptos, correspondendo a 43% do público. Em seguida, estão as puérperas (mulheres com até 45 dias de pós-parto), das quais foram imunizadas 25 das 85 pessoas do grupo (29,41%).
Já os grupos com menor adesão são os de crianças entre 6 meses a menores de 6 anos, que registram 27,06% de cobertura vacinal, com 1.025 doses aplicadas das 3.787 disponíveis, e as gestantes que somam 121 imunizadas das 518 que devem receber a dose, ou seja, 23,35%.
Diante da baixa procura, a Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, reforça a importância da imunização, que ajuda a proteger o organismo contra os principais vírus da gripe. A vacinação está disponível, de segunda a sexta, das 8h às 16h, em todas as Unidades Básicas de Saúde do município, com exceção do Centro de Referência do Idoso. Para receber a dose, o morador deve apresentar a carteirinha de vacinação e documento com foto.
Em caso de dúvidas, o morador integrante do público-alvo pode entrar em contato com a secretaria de Saúde pelo telefone (17) 3279-1400.

DEMAIS GRUPOS PRIORITÁRIOS
Seguindo o calendário nacional da campanha, a segunda etapa da vacinação dos grupos prioritários será de 11 de maio até 8 de junho e contemplará pessoas com 60 anos ou mais e professores. Já a terceira e última etapa, ocorrerá de 9 de junho a 9 de julho, na qual poderão ser imunizadas pessoas com Comorbidades; pessoas com deficiência permanente; Caminhoneiros; Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; Trabalhadores Portuários; Forças de Segurança e Salvamento; Forças Armadas; Funcionários do Sistema Prisional e População privada de Liberdade e adolescentes e jovens (12 a 21 anos) sob medidas socioeducativas.

    Deixe seu comentário

    Seu endereço de email não será publicado.*

    Header Ad