Saúde aponta redução de 98% nos casos de dengue em Olímpia, mas reforça importância dos cuidados de prevenção

Um levantamento da Secretaria de Saúde de Olímpia aponta uma queda significativa no registro de casos de dengue em 2020, no município. Segundo o setor, de janeiro até novembro deste ano, foram confirmados apenas 55 casos positivos da doença, enquanto no mesmo período do ano passado, as confirmações somaram 3.509 casos, o que representa uma redução de 98,4%.
A queda é também bastante acentuada no que diz respeito às notificações, tendo em vista que, em 2019, foram registradas 5.150 e, em 2020, são 474 até o momento, com uma diminuição de mais de 90%. O balanço considera os dados de 1º de janeiro a 18 de novembro deste ano e do ano passado.
De acordo com a Saúde, a queda na contaminação pelo Aedes aegypti está ligada ao trabalho intenso dos agentes que, mesmo durante a pandemia, continuaram com as visitas para orientação dos moradores adotando os cuidados necessários, e também da própria população que se mostrou mais consciente e precavida, eliminando possíveis criadouros do mosquito, o que consequentemente, possibilitou um controle da doença na cidade.
O setor, no entanto, alerta ainda que os cuidados devem ser mantidos diariamente, principalmente, com o aumento das chuvas, nos últimos dias, evitando recipientes que possam acumular água parada.
“A prevenção é a melhor forma de combater não só a dengue, como também a zika e chikungunya. São hábitos simples que todos devem adotar. A maior parte dos focos do mosquito estão nas residências, por isso, pedimos essa atenção dos moradores para nos auxiliar no controle da doença, em todas as épocas do ano e mais ainda agora com a chegada das chuvas”, explicou o secretário de Saúde, Marcos Pagliuco.

    Deixe seu comentário

    Seu endereço de email não será publicado.*

    Header Ad