Entradas da cidade terão bloqueio preventivo a partir desta quarta-feira

Além do trabalho de controle externo, a fiscalização também seguirá com o monitoramento interno da cidade

 

A partir desta quarta-feira, 20 de maio, a Guarda Civil Municipal realizará um bloqueio preventivo nas entradas da Estância Turística de Olímpia. O objetivo é orientar e acompanhar o movimento das vicinais, principalmente por conta do feriado prolongado decretado na Capital Paulista e em outros municípios da região. A ação contará também com o apoio da Polícia Militar no controle e orientação dos motoristas.

O bloqueio será feito nesta quarta, quinta, dia 21, e sexta-feira, dia 22, das 15h às 21h. Inicialmente, o trabalho será intensificado na Vicinal Álvaro Brito, na saída para Severínia, considerada a principal porta de entrada para turistas, principalmente, vindos de São Paulo e também na Via de Acesso Governador Ademar Pereira de Barros.

De acordo com o Major PM Edson Rodrigues de Oliveira, comandante da Guarda Municipal, todos os veículos com placas de outros municípios serão abordados e deverão responder um questionário com perguntas como: qual o motivo da vinda; se apresentam algum sintoma de gripe; ou ainda onde ficarão hospedados, já que os meios de hospedagens estão fechados para fins turísticos; entre outras perguntas. Além disso, receberão orientações sobre os decretos municipais em vigência na cidade e informações sobre as ações de prevenção da Covid-19.

A medida de bloqueio nas entradas da cidade é mais uma ação da Prefeitura de Olímpia para intensificar a fiscalização no município, visando o cumprimento das regras adotadas, principalmente, para proteção da saúde da população.

Além do trabalho de controle externo, a fiscalização também seguirá com o monitoramento interno da cidade, com os fiscais de postura atuando para evitar aglomerações, uso indevido de casas de temporada e ainda orientando sobre o uso obrigatório de máscaras e demais medidas de prevenção. Situações de possíveis irregularidades podem ser comunicadas ao setor pelo Whatsapp (17) 99606-8573 para averiguação e providências.

    Deixe seu comentário

    Seu endereço de email não será publicado.*

    Header Ad